terça-feira, 20 de agosto de 2013

Querido John


Título original: Dear John.
Autor: Nicholas Sparks.
Tradutor: Patrícia de Cia.
Gênero: Romance.
Páginas: 383 ( pocket version).
Editora: Novo Conceito


E ae pessoal tudo bem? Hoje o livro é ROMANTIC! Sim estamos em um momento muito amor no nosso blog <3
O livro de hoje é do autor bastante conhecido Nicholas Sparks chamado “ Querido John” vamos à resenha?

John é um militar que em seus tempos de adolescência, só dava trabalho para seu querido e amado pai que trabalhou o dobro, pois sua mãe foi embora e o largou muito jovem. Ou seja John  passou a maior parte de sua adolescência e o começo de sua vida adulta em bares bebendo, e gastando sua vida em festas e drogas.

Até que em um determinado momento em sua vida ele decidiu largar essa vida e ir para o exército tentar uma nova vida. Sofreu bastante no começo, mas logo em seguida aprendeu o verdadeiro valor do exército e de sua própria vida.

  Ta mas chega de falar do protagonista vamos falar agora na menina pela qual ele se apaixonou, seu nome era Savannah, uma menina do interior, que esta no começo da faculdade.

  John vê Savannah em sua licença quando volta para sua casa, ela está em sua cidade para construir duas casa para família carentes, John e Savannah se encontram, começam a conversar e repentinamente se apaixonam um pelo outro. Mas infelizmente a licença de John se esgota e ele volta para o exército com a promessa de que manterá contato com Savanah até acabar sua fase no exército quando voltará e casará com ela, mas será que esse relacionamento a distância durará?

  Em se tratando de romance eu sinceramente achei “Querido John” surreal, sabe por que? Logo no começo a vida de John já começa a rodar em volta da de Savannah, há milhares de juras de amor e ele a acha  a mulher perfeita vai amá-la para sempre, mas o relacionamento deles não é muito curto! Eles ficam uma semana juntos e logo em seguida John precisa partir...

  Na verdade, na verdade eu achei que as emoções dos protagonistas são exageradas, eu sinceramente não sei se é possível amar alguém assim. Eu acredito sim no amor, mas não naquela forma exagerada de se expressar e de se sentir. E o que é pior acaba iludindo leitores, querendo esse mesmo amor na vida real, mas percebem que não conseguem e no final das contas acabam se frustrando e frustrando o parceiro que não tem culpa alguma, pois é cobrado por algo que não pode dar...

  Mas sabe o que é pior? Isso pode ser dito para muitos livros de romance! E acho que é por isso que não gosto deles, por que para mim soa falso, vindo de um cara que AMA livros de ficção ahahahhaha. Apesar que na ficção você sabe que é mentira e sabe que realmente não existe, diferente de um livro de romance que pode confundir a sua cabeça.

 Mas um ponto positivo do Livro é a relação entre John e seu pai, que cresce conforme ele o visita, pois John começa a compreendê-lo melhor quando se torna um adulto e quando Savannah abre um pouco sua mente.
  
  Eu não gostei de querido John por que eu achei um pouco falsa a relação amorosa, só que a relação familiar é ótima e me emocionei com o pai de John.

Regular
  Mas quero dar outra chance para o romance, então se você tiver alguma sugestão me mande please! :D

Citação Favorita:

"As vezes, só as vezes, a gente dá a sorte de esbarrar com alguém legal."

- Savannah

Onde comprar: Saraiva | Cultura | Fnac | Submarino ($)| Novo Conceito | Martins fontes

Licença Creative Commons
Querido John de Cleber Diniz é licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Brasil.