quinta-feira, 19 de dezembro de 2013

Deuses de Dois Mundos: O Livro do Silêncio

Título: Deuses de dois mundos: O Livro do Silêncio
Autor: PJ Pereira
Gênero: ficção, fantasia
Páginas: 264
Ano: 2013
Editora: Da Boa Prosa

Olá munchkins, sentiram a minha falta?

Eu sei que andei meio ausente nos últimos dias, mas foi tudo culpa da faculdade que sugou a minha vida social e cibernética. Agora estou de volta ─ roubando descaradamente  o dia do Cleber postar resenha ─ e tenho muitas novidades para vocês. E uma delas é a resenha de O Livro do Silêncio, primeiro livro da trilogia Deuses de Dois Mundos.

New é um jovem e ambicioso jornalista que está disposto a tudo para causar a sua ascensão no mercado jornalístico brasileiro. E uma sabotagem industrial parece ser o passaporte ideal para ele conquistar sua desejada promoção. É claro que tudo fica ainda melhor quando no meio de todo o processo é incluso conquistas sexuais e experiências gastronômicas.

Entretanto, a promoção de New não é o único objetivo a ser alcançado nesta história. Em outro universo, paralelo ao nosso, mas em um tempo diferente, porém, simultaneamente, o maior adivinho de todos os tempos vê os instrumentos do destino se calarem, o futuro se torna uma grande cortina de fumaça. Preocupado, Orunmilá envia seu mensageiro, Exu, até o Orum para descobrir o que estava acontecendo.

Exu descobre que os odus, senhores dos destinos dos homens, foram sequestrados pelas Iá Mi Oxorangá, poderosas feiticeiras que desejam tomar os poderes dos orixás. Estes pedem a ajuda de Orunmilá pedindo que ele reúna um grupo de sete guerreiros para recuperar os odus e evitar que o futuro seja escrito pelas Iá Mi.

Com uma narrativa envolvente e leve, PJ Pereira quebra as barreiras do preconceito cultural ao apresentar a mitologia africana de forma fantástica. Leia O livro do silêncio, primeiro volume da trilogia Deuses de Dois Mundos e descubra qual a ligação entre guerreiros poderosos, feiticeiras malignas, um repórter ambicioso e o destino dos homens.

O livro é uma delicia que eu devorei com muito prazer. Os personagens são cativantes e o autor soube explicar com muita maestria a mitologia dos yorubás. O livro não tem pretensões religiosas e nem de aliciamento. É um livro de ficção que aborda esta mitologia esquecida e marginalizada pelos ignorantes. É uma aventura como Percy Jackson, Harry Potter e O Senhor dos Anéis. Se você gosta de literatura fantástica, irá adorar este livro, pois ele tem todos os elementos que um livro de literatura fantástica possuí.

A narrativa é dividida em dois tipos: primeira pessoa e terceira pessoa. Sendo alternada de capítulo para capítulo, o que me deixou fascinado. O livro é muito bom, mas o final deixou um pouco a desejar. Não senti uma tensão de final de livro, faltou o abraço final, aquele envolvimento que te deixa preso para ler o que virá a seguir. O final foi bom, mas poderia ter sido muito melhor. Esperava algo um pouco mais trabalhado e não acelerado, pois foi a impressão que eu tive. Um final acelerado.

Entretanto, este detalhe não interfere na qualidade do livro. É um livro muito bom e que deposito grandes expectativas para os próximos que estão por vir. Agora é aguardar o próximo lançamento.

Até a próxima, munchkins!

Nota:
MUITO BOM





Citação favorita: “Mesmo o mais religioso dos homens está sempre agindo em causa própria. O “próximo”, como dizem as religiões por aí, é uma desculpa hedionda, um caminho cínico para conquistar sua própria vaga no céu.”
New

Onde comprar: Saraiva ($) | Cultura | Fnac | Submarino | Martins fontes | De Boa Prosa
(As edições colocadas acima são em brochura, mas também é possível encontrar em capa dura nos mesmos sites)
Licença Creative Commons
Resenha O Livro do Silêncio de J. R. Gomes está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.